quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

O 17éme

Os arrondissements de Paris são distribuidos em forma de espiral que começa bem no centro da cidade e vai se ampliando até seus limites. É de vinte o número dessas divisões administrativas. Como sempre acontece em todos os agrupamentos humanos, os mais ricos estão no centro e os mais pobres na periferia.

O décimo-sétimo arrondissement, o 17éme, com 160 mil habitantes, é mais ou menos do tamanho de Copacabana e também possúi moradores em diferentes faixas de renda. Os ricos, nas imediações do sofisticado Parque Monceau e a classe média distribuida pelos boulevards e ruas dos quartiers des Batignolles e des Épinettes. Embora não seja o mais rico dos arrondissements, tem quase 40 áreas de lazer distribuidas em diferentes praças, parques, jardins, passeios e areas de jogos.

O mercado a céu aberto da rue des Levis, por onde não se deve passar sentindo fome, é uma festa para os olhos e para o estômago. Os restaurantes do bairro exibem as diferentes gastronomias do mundo, os cafés e os bares estão em cada esquina. São oasis de calor onde se pode fazer uma parada para aquecer o corpo neste inverno gelado que avassala o hemisfério Norte.
Postar um comentário