terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

O vôo do tempo

O trânsito pesado das ruas engarrafadas, ônibus e metrô lotados e as crianças entrando e saindo das escolas mostram que a cidade, enfim, começou o ano. Ao Natal e Ano Novo segue-se o carnaval, no calendário brasileiro. E o carnaval, no Rio, durou este ano de sexta até domingo da outra semana, inaugurando um novo e mais demorado período para a festa que mobiliza o povo.

Já estamos a um mês para o fim do primeiro trimestre de 2010, a quarta parte de um ano que promete, mais uma vez, passar muito rápido. A velocidade da passagem do ano aumenta com a nossa idade. Até os 15 anos, sentíamos o tempo demorar muito a passar e ansiávamos pela independência que os dezoito anos simbolizavam. E de repente estamos velhos.

O rítmo de trabalho dos nossos dias, toda a parafernália tecnológica em nosso entorno, a ansiedade que é a marca do nosso tempo, e mais a agitação de um ano de eleições, tudo se conjuga para que logo alí adiante já seja dezembro. A cidade vai parar, então. até o fim do próximo carnaval.
Postar um comentário