terça-feira, 29 de julho de 2014

O Herói

Em O Herói de Mil Faces, Joseph Campbell nos mostra como todas as histórias que têm o herói como protagonista se repetem. O herói é um só e a sua saga é a mesma: lança-se na aventura, enfrenta inimigos, experimenta enormes provações e volta para casa depois de transcender a existência comum. Este é o roteiro repetido da vida dos heróis.

Assim como na trajetória do herói de Campbell, o roteiro da vida humana, qualquer vida, se desenrola repetindo-se. Um suceder de eventos que vão do nascimento à morte marcam a existência e sua medida na qual incidem sucessos e fracassos, sentimentos vários, amor, ódio e indiferença ampliando uma experiência trágica.


A diferença entre o herói e o homem comum é que este não transcende a sua vivência pessoal porque não tem a audácia de lançar-se à aventura. O medo do desconhecido, o pavor das sombras, a ameaça do pesadelo e do castigo inibem a coragem humana e conduz a uma existência  medíocre, mil vezes repetida e que se reproduz em sua própria história.
Postar um comentário