quinta-feira, 3 de outubro de 2013

O banho

O hábito brasileiro do banho diário é uma herança cultural dos nossos antepassados indígenas. O colonizador português, como os europeus de maneira geral, evitavam água no corpo. Na Idade Média, pouco antes das grandes navegações que vieram a descobrir o Brasil, o primeiro banho do ano se tomava durante o mês de maio, depois do grande frio que começa em novembro de cada ano. Esta é a razão de maio ser até hoje o mês escolhido para a realização dos casamentos, pois comemorava o primeiro banho das noivas e tornava mais agradável a noite de núpcias.

Os indígenas brasileiros, que se banhavam várias vezes por dia, ensinaram aos portugueses o prazer do mergulho nas águas tépidas dos rios tropicais. Os hábitos culturais, sedimentados em gerações, demoram, no entanto, a ser abandonados.  Daí  vem o acre cheiro de corpos exalado nos ares da Europa nesses meses que sucedem o calor do verão. Neste outono europeu, penso que muita gente ainda espera o mês de maio do ano que vem.
Postar um comentário