domingo, 17 de novembro de 2013

Os deuses

De tempos em tempos, o homem se pergunta sobre suas fraquezas  morais e as fronteiras da solidariedade, da bondade e da estupidez. O medo das manifestações naturais e a consciência ética deram origem às religiões, pois a humanidade precisava de uma sinalização superior para entender o fenômeno que a sua própria vida representava. Profetas recomendaram oferecer a outra face diante da bofetada do inimigo, na tentativa de controlar a violência inerente à espécie.

A civilização deu ao homem a falsa noção de superioridade moral diante de outras espécies animais, junto com a impressão falsa de ter superado instintos inferiores de violência e vingança.


Alguma coisa falhou na equação teológica formulada para a divindade porque surgiram deuses vingativos, onipotentes e sórdidos. Sujeitos às piores fraquezas humanas, aliadas à vocação para a violência, foram criados pelo homem à sua imagem e semelhança.
Postar um comentário