segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Os bons amigos

A solidão humana nem sempre pode ser compensada por uma presença da mesma espécie. Os amigos e os parentes concentram-se em suas  próprias vidas e não há por que acompanhar ou preencher o vazio existencial dos outros. Por isso são tantos e tão diversos os animais de estimação que fazem companhia aos solitários.

Há um ciclista que passeia diariamente pela Barata Ribeiro com um corajoso gato agarrado às suas costas. Os cães seguem seus donos pelas ruas.  As gaiolas dos canários, curiós e pintassilgos criados pelos porteiros decoram as árvores em frente aos edifícios e entoam seus cantos de cativeiro.


Uma calopsita, também chamada caturra, pássaro que veio da Australia,  faz companhia a este homem da foto que ilustra o post. Permanece abrigada em seu ombro e não para de piar intensamente mesmo durante as paradas do seu dono pelos botequins do bairro.
Postar um comentário