terça-feira, 25 de novembro de 2014

o século

O século 20 foi muito curto. Durou apenas setenta e três anos. Começou em 1918, com o fim da Primeira Guerra, que enterrou o romantismo da “belle époque” e os valores do século anterior. Terminou com o desmanche da União Soviética, em 1991. Deu lugar a um tempo sem a ameaça de conflitos mundiais porem a paz continuou a ser um sonho de nefelibatas.

Os anos 1900 criaram e deram sentido à palavra genocídio e viram a tecnologia promover destruições em massa. Foram os anos em que floresceram o nazi-fascismo e os crimes praticados pelos regimes comunistas que se corromperam. Foi a época sombria em que nascemos, os da minha geração que ainda estamos vivos.


O século atual não será menos infeliz, apesar das conquistas da ciência avançando mais rápida que a humanidade. Os fundamentalismos de toda espécie, os conflitos entre culturas, povos e civilizações, crueldade e ódio, êxodo e fome estão se afirmando como a marca do século 21, que está apenas começando.
Postar um comentário