quarta-feira, 11 de maio de 2016

A traição



A humanidade despreza os traidores. Os episódios de traição registrados pela história o são com tintas dramáticas, violentas e trágicas. Assim como na mitologia religiosa, onde Lúcifer foi punido com a suprema condenação pelo crime de trair o próprio Deus. Em nenhum momento se vê a defesa ou o perdão para os traidores. Seria então o maior dos crimes praticados pelo homem contra o homem.

Dante Alighieri, na sua monumental Divina Comédia, que muitos consideram uma representação total do universo, reservou o Nono Círculo, o mais profundo do Inferno, para aqueles que praticaram atos de traição. É onde existe um lago chamado Cocite, eternamente congelado e formado pelas lágrimas de todos os condenados, e também pelos rios de sangue que banham os campos do inferno.

Os traidores cumprem sua condenação em quatro diferentes esferas, divididos entre os que traíram os seus parentes, os que traíram seus hóspedes, os que traíram seus mestres e reis e, na esfera que Dante nomeou Antenora, estão os que traíram sua pátria ou seu partido político. Submersas, com apenas a cabeça fora do gelo, estão condenadas para sempre as suas almas.
Postar um comentário