sexta-feira, 7 de agosto de 2015

A poesia


Das Grandes Artes, destaco a poesia e a música. A música aproxima-se das emoções e as conduz a tocar as fímbrias da alma humana. A poesia, lidando com palavras, instiga pensamento e sensibilidade no convite ao entendimento do impossível. O que realmente quer dizer um poema, ao arrebatar sentimentos desconhecidos e às vezes tão contraditórios?

A inutilidade da poesia tem inspirado discussões, estudos e teorias para concluir que ela não serve para nada. Mas a humanidade talvez não pudesse viver sem a sombria, inestimável e profunda beleza que a poesia põe a descoberto. Nenhum animal alem do humano seria capaz de sentir sua força, a constelação de nexos surpreendentes que traz em cada palavra que utiliza.


Como a filosofia, a poesia é uma linguagem capaz de indagar sobre a experiência de viver, que não possui explicação possível. Seus símbolos e metáforas criam novos significados para velhas palavras na invenção de uma maneira nova de sentir e de procurar o entendimento do mundo. Somos incapazes da exata compreensão das coisas mas podemos, tanto na música quanto na poesia, tocar no absurdo e na intensidade que a vida transmite aos viventes.
Postar um comentário