sábado, 13 de julho de 2013

Os velhinhos do bairro

Os velhinhos do bairro acordam cedo e muitos vão para as ruas nas primeiras horas cumprirem sua rotina diária. Copacabana, como atestam os censos e as pesquisas, é onde se concentra a população mais idosa da cidade.

Como teve o seu maior surto de desenvolvimento nas décadas de 30 e 40, quem se mudou para cá nessa época, se ainda estiver vivo, está muito velho e mesmo os seus filhos já passaram ou estão perto dos oitenta anos. A ocupação  da orla aconteceu com grandes lançamentos imobiliários primeiro em Copacabana e depois Ipanema, Leblon, seguindo em direção à Barra, onde agora se concentra a população mais jovem.


Os velhinhos saem cedo para as compras e também na busca de contato humano. Socializam uns com os outros nas filas e criam laços com caixas de banco, atendentes de farmácias, seguranças do metrô, caixas de supermercado e com os porteiros dos prédios. Conversam longamente com eles. No Natal e na Páscoa, levam-lhes presentes e ovos de chocolate.
Postar um comentário