terça-feira, 2 de abril de 2013

O reino das drogarias



Um amigo me diz que Copacabana é um bairro ideal para velhos porque debaixo de cada prédio tem uma farmácia. Tirando o exagero, tem sempre uma delas sendo inaugurada com a festa típica dos eventos desse tipo: banda de música, distribuição de panfletos e promoção de preços de abertura. O bairro tem mais farmácias do que padarias.

No país inteiro existem mais de 80 mil farmácias e não é incomum existir mais de uma na mesma quadra. As explicações variam desde o hábito de auto-medicação do brasileiro à lavagem de dinheiro. O célebre bandido Cy de Acari, que morreu enforcado em Bangu I, possuia uma rede de 200 drogarias espalhadas pelo Estado para lavar o faturamento do tráfico.

São pensamentos que me ocorrem enquanto ouço a bandinha tocar na inauguração de mais uma farmácia, aqui embaixo do prédio.

3 comentários:

Ismael disse...

Quando voltei, eu fiquei impressionado com a quantidade de duas coisas: farmácias e agências bancárias, principalmente farmácias. Já cheguei a ver 3 delas no mesmo quarteirão. Parece até bar na Lapa. Na verdade, essas farmácias são supermercados de remédios e cosméticos. Farmácias mesmo, existem poucas.

José Luiz da Costa Pereira disse...

Aqui em Seropédica, cidade de 80 mil habitantes,onde moro, são no meu bairro, na mesma calçada existem 5 farmácias, sendo que duas são do mesmo nome e do mesmo proprietário, falam que é uma lavanderia.
Uma sugestão: você deveria reunir todos esses seus textos do Blog e dita-los em um livro. Sucesso imediato.Paulo Coelho iria ficar preocupado.

José Luiz da Costa Pereira disse...

omoAqui em Seropédica, cidade de 80 mil habitantes,onde moro, são no meu bairro, na mesma calçada existem 5 farmácias, sendo que duas são do mesmo nome e do mesmo proprietário, falam que é uma lavanderia.
Uma sugestão: você deveria reunir todos esses seus textos do Blog e dita-los em um livro. Sucesso imediato.Paulo Coelho iria ficar preocupado.