terça-feira, 2 de outubro de 2012

A proliferação da obesidade


As revistas femininas volta e meia falam da elegância da mulher parisiense e costumam compará-la com a mulher americana. Uma seria magra, a outra descuidada com o próprio peso. A francesa, apesar do culto que o país devota à gastronomia, estaria imune à maldição da obesidade. Penso que já não é bem assim.

Embora se cruze com mulheres elegantes, esbeltas, bem vestidas, já se pode no entanto observar uma mudança de padrão no estereótipo. Vê-se que o sobrepeso está presente nas ruas de Paris em mulheres e homens gordos, o que era raro no passado.

A pressa da vida, a popularização do fast-food, a ansiedade contemporânea, talvez sejam estas algumas das causas da proliferação da obesidade. Há quem diga que tudo começou quando o primeiro McDonald’s fez sucesso na França. Hoje, são centenas espalhados pelo país e um deles, vitorioso, exibe sua bandeira no Carrousel du Louvre, o sofisticado shopping center do afamado Museu.
Postar um comentário