sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Sonho


A realidade é uma ilusão, diz a personagem de um filme. O homem nasce só e morre só, tudo o que acontece entre estes dois eventos é pura percepção, pode ou não ser verdade. Talvez seja sonho, alucinação, embriaguez.

Foi para entender isso que os gregos inventaram a filosofia. Para explicar a realidade, se é que ela existe, pois até isso a filosofia tem obrigação de questionar.

Um sonho dentro de outro sonho. Morrer, dormir, a vida é uma história contada por um louco, cheia de som e fúria e sem qualquer significado, nos diz Shakespeare. Ele era um artista e não um filósofo, mas talvez exista mais verdade nesse enunciado do que supõe a nossa vã filosofia.
Postar um comentário