sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Amar



Descobrimos palavras e emoções.
Visitamos o fundo das almas
e a essência onde elas habitam.
 Construímos em torno a face da doença.

Descobrimos o calibre das armas,
que não foram feitas
para o inimigo.
Elas são o que vemos e pensamos.

Um tiro é como o pensamento,
o punhal simples escolha.
Um tiro é uma sela que se monta
neste século obscuro.
Postar um comentário