terça-feira, 14 de julho de 2015

O desafio

Quando tomou consciência do mundo, o macaco nu olhou em sua volta e em seguida voltou o rosto para o alto. Ao ver os astros, num céu brilhante, não conseguiu entender o universo mas teve o sentimento da solidão que até hoje o acompanha. A exploração do cosmos é a tentativa de obter respostas às profundas e primeiras indagações que nunca foram respondidas.

Na noite perene dos primórdios havia apenas ameaças escondidas na escuridão que só o sol amenizava. E o sol foi a primeira idéia de Deus porque significava calor e proteção contra os perigos que residiam nas trevas. A descoberta ou invenção de Deus veio da nossa fragilidade diante do grande enigma.


As viagens ao fim do mundo representaram o desafio ao desconhecido e ao mistério das sombras de além-mar. A partida em direção aos astros e aos novos horizontes do universo representam até hoje a perplexidade do pobre humano. Ele olha para o céu e indaga se está ou não sozinho diante do infinito que não pode entender.
Postar um comentário